Comunicado de Imprensa da Cannativa – Associação de Estudos sobre Canábis

A CANNATIVA – Associação de Estudos Sobre Canábis, é uma associação sem fins lucrativos que pretende contribuir de forma apartidária para o debate sobre a planta Canábis Sativa L.. Reunimos especialistas dos mais diferentes quadrantes, desde profissionais de saúde, políticos e jornalistas a agricultores, juristas, estudantes e pacientes, entre outros.

A CANNATIVA considera que a regulamentação da canábis em todas as suas vertentes – medicinal, terapêutica, industrial e recreativa – é fundamental para promover a saúde pública, combater a criminalidade, incentivar a economia e estimular a investigação científica.

É necessário definir um enquadramento legal que não só regule a dispensa mediante receita médica, mas que preveja também o auto-cultivo para fins medicinais. Tendo em conta que existem milhares de perfis de canabinóides e terpenos diferentes e a indústria farmacêutica não consegue responder com uma oferta adequada à especificidade de cada patologia, consideramos que o auto-cultivo é a única solução para garantir o pleno acesso do paciente à terapêutica mais indicada no seu caso específico.

Defendemos o direito à saúde, consagrado no Artigo 64.º da Constituição da República Portuguesa e divulgamos informação para um consumo responsável, assumindo um papel importante na área da prevenção de riscos e redução de danos.

A CANNATIVA pretende disponibilizar estudos científicos e traduzi-los para português com o objectivo de criar uma base de dados (CANNABASE) que possa ser referência para profissionais de saúde e outras pessoas que procurem informação credível, confirmada pelas organizações mundiais de referência. O órgão de comunicação oficial da CANNATIVA é a CANNAPRESS.

11 de Dezembro de 2017

A Direcção
www.cannativa.pt

Deixe uma resposta